terça-feira, 8 de junho de 2010

Corpos em prece

Nunca imaginei que isso fosse coisa pra mim. Nunca achei que fosse ter fôlego ou disposição. Mas fato é que eu comecei a correr, inspirada e incentivada pelo amor da minha vida. 
Fiquei espiando ele virar maratonista, na maior torcida, virei motorista dele e do grande amigo Cepinha em pleno Rio de Janeiro, vibrei nas voltas da Pampulha e acabei contagiada por essa energia.
Ipod na orelha, motor no pé e lá vou eu, movida por uma endorfina que também corre serelepe pelas veias.
Sei que soa poético demais, mas numa dessas corridas acabei fazendo uma analogia com a prece.
Tudo tão em harmonia - coração, músculos, pulmões -, o corpo em prece oxigenando a alma. Vento no rosto, frio transformado em calor, calor transformado em suor.
No chão, asfalto. No céu um Deus enorme vendo meu corpo em prece, agradecendo por ter pernas, braços, saúde pra dar e correr.
Correr de quê? Do frio.
Correr pra quê? Pra ter saúde, arejar a cabeça, ficar mais leve, dar um fim no brigadeiro, na canjica, no pé de moleque e em todas aquelas gostosuras que o inverno nos convida a festejar.
E você, como tem se exercitado?
Bota o tênis.
Salte de pára-quedas. Respire Pilates. Escale montanhas. Mergulhe fundo.
Faça amor. Cesta. Gol.
Bota o corpo pra rezar.

10 comentários:

  1. Lindo, Rê!
    Um dos melhores que já li até hoje!
    Um beijo

    ResponderExcluir
  2. Me inspirei na corrida de hoje cedo, Luísa!...
    Saúde!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Tudibom né amiga? Verdadeiro vício... beijos

    ResponderExcluir
  4. Depois do chocolate, Vick!...
    Êta vício danado, sô!...
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi Renata
    Em tempos de corrida contra o tempo, nada melhor do que correr a favor dele!
    Amei o post. Lindo, lindo!
    Um beijo,
    Ana.

    ResponderExcluir
  6. Tem toda razão, Ana!
    Beijos carinhosos

    ResponderExcluir
  7. Renata, a Laura me falou do seu blog meses atrás. Passei a frequentá-lo ocasionalmente e fiquei encantado com seu texto. Caramba, como você escreve bem! eu acho que a escrita flui quando há motivação por tras. E isso transparece no seu texto. Parabéns!
    Quando puder, visite meu blog. Falo de empresas, mas de uma forma bem crítica, algo bem "fora do eixo".
    http://observatoriocorporativo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Ricardo,
    Que alegria ler seu comentário e receber sua visita! Acabo de passar lá no seu blog, e adorei! Bem-vindo ao clube!
    Abração

    ResponderExcluir
  9. Grande RERE

    adorei te ver hoje na prova. Já to vendo que este ano terems mais uma companheira para dar a volta na Pampulha. Se precisar de parceiro pra corrida, tamos aí.

    Cepinha

    ResponderExcluir
  10. Grande Cepinha,
    Obrigada pelo incentivo e inspiração!
    Abraço!

    ResponderExcluir