sexta-feira, 17 de julho de 2009

É permitido

Sem perceber (ou com plena consciência), algumas pessoas vão se escravizando, se aprisionando em meio às tarefas do dia-a-dia, ao tic-tac do relógio, ao outro, ao "ter que".
"Tenho que fazer isso..."
"Tenho que fazer aquilo..."
"Tenho que ser assim..."
"Tenho que ser assado..."
Experimente ser simplesmente você. Arranque as máscaras. Tire a maquiagem. Respire fundo. Você pode. Você merece.

4 comentários:

  1. Realmente a vida tem sido um tanto mascarada por parte de algumas pessoas, isso tudo pra dar conta de um único dia ou de conseguir encarar uma única pessoa. Ser simples é difícil, Renata!



    Tô adorando as postagens que vc tem feito.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. É, Gabriela, fácil não é... Mas quando se tem consciência, o primeiro passo já está dado...
    Que bom que você está curtindo o blog, isso aumenta a minha motivação em escrever!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Kênia Mara da Rocha26 de julho de 2009 10:19

    Nossa! Suas palavras bateram fundo em mim. "Se escravizando..." Isso é mt pesado, em todos os sentidos, e dói mt. Mas como me libertar? Ainda não sei como, nem por onde começar. Sempre me achei mt transparente, até demais. Me vejo agora pensando, que máscaras tenho usado, pq, para quê. Logo eu que preso tanto a sinceridade, a verdade, a fidelidade a nossos valores e princípios. A algum tempo essa falta de permissão começou a me incomodar. Parece que está gritando a algum tempo. Preciso...


    Parabéns pelo blog, pela intuição, sabedoria. Estou adorando fazer desse passeio por aqui um gostoso e enriquecedor hábito.

    Um abraço,

    ResponderExcluir
  4. Querida Kênia Mara,
    A boa notícia é que ninguém está te escravizando, a não ser você mesma... Isso torna mais fácil (apesar de não menos doloroso) o processo de libertação, porque ele está nas suas mãos.
    Vá em frente,seja você! O "como" você irá descobrir ao longo do caminho!
    Fico daqui torcendo por você!...
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir